Qualidade do Murray Grey

Qualidade do Murray Grey

A raça Murray Grey é nativa do Vale Murray na Austrália. As informações coletadas indicam que os primeiros antecedentes datam de 1905, quando bezerros foram observados na região, constatando serem frutos do cruzamento circunstancial de um touro negro Angus com vacas Shorthorn.

A princípio, esta eventualidade foi recebida com desagrado pelo agricultor, mas ele logo mudou de ideia ao verificar que estes animais cresciam rapidamente e apresentavam boa conversão do capim em massa muscular. Logo, esses bezerro foram deixados crescer, para depois serem cruzados com touros e vacas Angus.

Seus descendentes saíam com pelo prateado e pele negra. Surgia, então, o gado Murray Grey australiano, animal de excelente configuração e genética.

Hoje, Murray Grey é a raça mais importante da Austrália. Possui organização que administra a raça e mantém os registros de linhagem, a “Murray Grey Beef Cattle Society”. Sua configuração é boa, embora seja um animal pequeno, de tamanho intermediário e estrutura sólida. Traz no seu perfil muitas semelhanças com o Angus, variando o pelo, que geralmente adquire um tom cinza-prateado.

As gamas de cor de cabelo permitidas variam entre o prata ao chocolate, ou marrom acinzentado. A pele tem uma pigmentação escura, o que ajuda a prevenir o câncer de olho, reações de foto-sensibilidade e queimaduras solares no úbere.

O Murray Grey é muito dócil, facilitando seu manejo. As vacas da raça não apresentam dificuldades laborais, as mães são ótimas produtoras de leite, devido a boa formação dos úberes e mamilos. Por isso, os bezerros quando nascem são pequenos. Com a potente lactação, logo eles ganham peso, saindo dos seus 30 ou 35 quilos iniciais. Já as vacas adultas chegam a pesar de 500 a 700 quilos, enquanto os touros, bem alimentados, variam entre 800 e 1.100 quilos.
São animais de conversão precoce de gramíneas em massa muscular. O gado mostra um rápido engorde em boas pastagens. E para manter a sua condição corporal, não é necessário ingerir grandes quantidades de forragem.

Esta raça também tem ótimo aproveitamento da sua carcaça, já que contém mais marmoreio melhorando o desempenho de Angus. O rebanho é reconhecido internacionalmente por suas características de importância econômica, que compreende eficiência alimentar e a qualidade da carne. Esta última se destaca pela maciez e sabor, altamente valorizada pelos mercados asiáticos.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.